Nbjolpuc’s Weblog


São Paulo também irrita
Agosto 26, 2007, 11:20 pm
Filed under: Curiosidades

É praticamente impossível passar um dia em São Paulo sem se irritar pelo menos uma vez. E às vezes nem é preciso sair de casa para se irritar. Você acorda e enquanto toma seu café da manhã, é interrompido por uma ligação de alguma empresa de telefonia celular ou cartão de crédito. Olha pela janela e tenta decifrar o clima do dia. Quando leva casaco, faz sol, quando não leva, faz frio. Sai de casa atrasado e fica em pé, por vários minutos, esperando o ônibus passar. Entra no ônibus, se é que cabe mais alguém ali dentro. É um empurra empurra. Tem que caber sempre mais alguém, afinal, se chegar atrasado no emprego, o chefe briga. Buzinas, cigarros, trânsito. É a mesma coisa na hora de ir embora. Chega o fim de semana e você pensa que vai relaxar. Pega seu carro e resolve dar uma volta no shopping. Você e mais milhares de pessoas. Minutos intermináveis atrás de uma vaga no estacionamento. Depois tem a fila do cinema e do restaurante, fora à busca por uma mesa na praça de alimentação. Fila, aliás, é o que mais tem nessa cidade. Sem contar com as filas nos bancos, uma das mais irritantes é a fila para o teatro. Não há como entender o motivo daquela fila ser formada. Em teatros localizados em shoppings, a fila dá a volta na praça de alimentação. As pessoas esquecem que seus lugares são numerados. Um dia, tinha uma velhinha de uns 80 anos em pé na fila, esperando a porta do teatro abrir. Não há sensação melhor do que comprar o ingresso para a primeira fileira do teatro e não ficar na fila. Você espera as pessoas entrarem, sentarem-se e de repente, com a sala lotada, você entra e se acomoda no melhor lugar e sem pegar a enorme fila. As pessoas olham como se o errado ainda fosse você. Voltando aos meios de transportes, aquela placa que diz algo do tipo “deixe a esquerda livre para circulação”, nas escadas rolantes do metrô, parece não servir para nada. Quanto mais atrasado você está, mais gente fica parada bem na parte esquerda da escada. Parece que você está brincando de “zig-zag” na hora do rush. E quando você resolve chegar em casa e dormir, sempre tem um helicóptero passando ou um vizinho irritado gritando e um carro buzinando. Se você tiver sorte, você acordará com o seu despertador, caso contrário, você começará seu dia ao som de sirenes de carros de polícia e ambulância ou com a construção de um prédio ali por perto. Mas já foi pior, houve um tempo em que era certo acordar com a pamonha de Piracicaba ou com o caminhão do gás passando na sua rua. Mesmo assim, não há como não amar esta cidade irritante.  

 


Deixe um Comentário so far
Deixe um comentário



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: