Nbjolpuc’s Weblog


Driblando congestionamentos
Setembro 8, 2007, 11:45 pm
Filed under: Babilônia

 

A Grande São Paulo tem uma  frota de mais de cinco milhões de veículos sobre rodas e nos horários de pico, principalmente ás vésperas de um feriado prolongado sempre causa grande stress aos condutores. Em outros tempos, o avião era o meio mais utilizado pelos grandes empresários ou executivos para  encurtar  tempo e distâncias. No entanto, com a disputa entre as empresas de aviação para obter mais lucros,  houve um crescente número da procura destes meios por pessoas de outras classes sociais devidos o barateamento dos bilhetes aéreos,  tendo como conseqüência: superlotação, filas, atrasos, crise aérea  e os  acidentes  aéreos acontecendo num intervalo de tempo muito  assustador. Alia-se a isso, o medo de seqüestros e a necessidade de domínio do tempo para o cumprimento de compromissos profissionais.São Paulo, metrópole mais rica do país, tem uma frota notável, sendo que parte dela está a disposição através das empresas de táxi aéreo que oferecem fretamento de vários modelos de helicópteros; o que não é barato, no entanto, justifica o gerente comercial de uma delas: ”Em muitos casos, o fim para o qual a pessoa irá utilizar o serviço vai compensar sua utilização” e  completa: ”O helicóptero é uma ferramenta de trabalho, não apenas um luxo”.  

Quanto Pagar?As empresas cobram por hora de vôo. Isto significa que o cronômetro começa a rodar a partir do momento que o helicóptero decola e só termina quando ele volta a seu ponto de partida. Os valores variam de R$ 1.300,00 a R$ 6.500,00 a hora,  dependendo do modelo.Na região de Alphaville e Tamboré existem dez helipontos homologados pela Anac, todos eles particulares. Em Carapicuíba, Com 45 mil metros quadrados de área construída, está o Helipark, próximo ao Rodoanel, sendo usado  principalmente, como base de manutenção de aeronaves.

Alguns, entre eles políticos passaram a utilizar-se de helicópteros para driblar os intermináveis  congestionamentos para  ter “segurança” nas alturas. Enquanto isso, pobres mortais seguem nos trens e ônibus lotados, apertados como enlatados de sardinhas, onde quase  sempre tem os direitos  desrespeitados,  utilizando-se  de  frotas  sucateadas sem o mínimo de conforto possível, além de ter que se justificar sempre aos patrões, devido aos  constantes atrasos em função de atrasos das conduções que utilizam. Considerar que se usufruir de helicópteros não é somente  luxo há alguém que concorde.Porém, dizer que o transporte e as condições viárias na Grande São Paulo são um lixo, difícil é encontrar quem discorde.  

 João Botelho


Deixe um Comentário so far
Deixe um comentário



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: