Nbjolpuc’s Weblog


Saúde Paulistana
Setembro 9, 2007, 11:31 pm
Filed under: Curiosidades

Quais são os principais hospitais de São Paulo?      

 Em 1º lugar encontra-se o Hospital Albert Einstein, com 43% das opiniões, seguido do Sírio-Libanês, com 18%, Oswaldo Cruz, com 15%, Hospital das Clínicas, com 7% e, por fim, o São Luiz, com 5%.     

 A pesquisa foi realizada pelo Instituto Datafolha, entre 10 de maio e 20 de junho, por telefone, com cerca de 1000 médicos, tendo margem de erro de três pontos percentuais, para mais ou para menos, e um nível de confiança de 95%. 

São Paulo e sua saúde em números:      

 A capital paulista tem 343 hospitais, sendo 45 públicos, 28 filantrópicos e 270 privados. Além disso, há pelo menos 51 mil médicos em atuação.     

 Dentre os principais hospitais apenas um é público… Abaixo, algumas curiosidades sobre o Hospital das Clínicas:

·     Faz 21 mil atendimentos por mês, (o Einstein, para se ter uma idéia, faz 9 mil em igual período);

·     700 pessoas são atendidas, por dia, no Pronto-Socorro das Clínicas;

·     Terça-feira é o pior dia para o PS. Depois vem o sábado.

·     No domingo, a procura pelo hospital cai em 50%.

·     Uma tomografia do corpo inteiro dura, no mínimo, 20 minutos.  

                     Por especificidades e áreas de atuação:      

 A pesquisa também analisou áreas mais específicas de cada um deles.

A melhor UTI: 41% – Albert Einstein, 20% – Sírio, 8% Oswaldo, 6% – HC e 3% São Luiz.

O melhor pronto-socorro: 31% – Sírio, 23% – HC, 17% – Einstein, 9% Oswaldo e 6% Santa Catarina.

O melhor em maternidade: 33% – São Luis, 19% – Pró Matre, 14% – Santa Joana, 13% – Einstein, 9% – Santa Catarina.

O melhor em pediatria: 29% – Albert Einstein, 19% – Sabará, 15% – HC, 10% – São Luiz, 5% – Sírio.

O melhor em cardiologia: 50% – INCOR/HC, 31% – Hospital do Coração, 5% – Einstein, 5% – Beneficência Portuguesa, 5% – Dante Pazzanese.

O melhor em ortopedia: 19% – Oswaldo Cruz, 16% – Einstein, 13% Hospital das Clínicas, 12% – Santa Casa, 8% – Abreu Sodré / São Luiz / Sírio Libanês. 

São Paulo, contudo, não se limita apenas às análises dos especialistas desta aérea. Os nomeados pela Folha de São Paulo como “leigos” – que, afinal, são os grandes usuários dos hospitais-  em sua maioria não podem pagar pelos serviços hospitalares indicados.

Segundo os indicadores de saúde do governo, cerca de 37% da população de São Paulo consegue dispensar o SUS. Assim, o restante de toda a população divide-se entre estes poucos quarenta e cinco hospitais, dos quais apenas um foi citado na pesquisa.

Entretanto, ao invés quem investe em expansões e melhoras são os eleitos “melhores”: o Sírio-Libanês é dono de um projeto de R$350 milhões, com previsão para 2012; o Einstein não é diferente, com um investimento de R$360 milhões…  

Por: André Condes Ferreira e Camila Akemi Hidaka Fardin  


Deixe um Comentário so far
Deixe um comentário



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: