Nbjolpuc’s Weblog


Mais atenção no trânsito: Seu futuro amor pode estar no carro ao lado
Setembro 16, 2007, 10:50 pm
Filed under: Curiosidades

 20060105-transito.jpg

Buzina, calor, dor de cabeça e cansaço. É disso tudo que você lembra quando alguém fala em trânsito. Em uma cidade como São Paulo, em que congestionamento é uma coisa que faz parte do dia-a-dia dos moradores, pegar trânsito pode ser muito mais produtivo do que se imagina.

Entre as dezenas de carros ao seu redor, em um pode estar o grande amor de sua vida. Foi assim com a apresentadora Astrid Fontenelle.

Era véspera de feriado, o trânsito estava caótico na cidade de São Paulo. Astrid estava mal humorada. Ela tinha bons motivos para isso. Primeiro porque ela iria trabalhar nos dias seguintes e depois porque estava parada no meio de um grande congestionamento na Avenida Pacaembu. 

astrid.jpg

Entre buzinas e gritos, uma perua Cherokee passou ao lado de Astrid. O motorista era o empresário Marcelo Checon, na época com 24 anos.

“Sei que foi muito clichê, fotonovela, não acreditei que daria certo, mas lembrei que havia evocado minha mãe Oxum. E foi muito legal porque aconteceu sem preconceitos, mesmo com a diferença de idade.”, diz Astrid, que tinha 40 anos quando tudo começou.

A primeira frase de Marcelo para Astrid foi. “Nenhuma mulher bonita merece ficar presa no trânsito.” A apresentadora resolveu responder ao xaveco. “Sou a Feiticeira, não está me reconhecendo?” Minutos depois, eles pararam para tomar um refrigerante e, claro, trocar os telefones.

Três dias depois, Marcelo e Astrid jantaram juntos e deram o primeiro beijo. O casal está junto até hoje e vive agora uma outra fase do relacionamento de cidade grande. Ela passa a semana trabalhando no Rio de Janeiro, ele fica em São Paulo. O casal se vê somente no fim de semana, quando Astrid enfrenta a ponte-aérea somente para reencontrar aquele que um dia ela avistou, ou por quem foi avistada, entre dezenas de carros no meio de um enorme trânsito na Avenida Pacaembu.

Infelizmente, nem todo mundo tem a sorte que a Astrid e o Marcelo tiveram, e quando resolvem falar com a pessoa do carro do lado, ela simplesmente já desapareceu. Por isso, há um site que pode te ajudar.

No Chapaquera você pode cadastrar a chapa do seu carro e mandar mensagens para qualquer placa, mesmo que a chapa não esteja cadastrada no catálogo do site.

Agora, antes de você começar a sair paquerando todo mundo pelo trânsito, preste atenção nas dicas de etiqueta de Claudia Matarazzo.

– Carro sujo diz muito a respeito de quem dirige. Como ninguém gosta de pessoas desleixadas, o negócio é estar sempre com o veículo impecável.

 Música no último volume também costuma espantar prováveis paqueras no trânsito.

Atirar cartões com o telefone no vidro alheio é muita pobreza. seja mais criativo ao arranjar um pretexto para se aproximar. Compre flores ou balas dos vendedores de semáforos e ofereça o objeto à paquera.

Se você for abordado(a) e estiver comprometido(a), mostre rápido a aliança no vidro ou diga simplesmente que está com pressa e não pode parar para conversar.           

Da próxima vez que você se ver preso no trânsito, olhe ao redor antes de reclamar, pode ser o início de uma história de amor. 

Adolfo Nomelini (Com informações da Istoé e Quatro Rodas)

Fotos: Folha Online (Trânsito)

Divulgação (Astrid)


1 Comentário so far
Deixe um comentário

precisei comentar…hahaha adorei adolf!

Comentar por isabela




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: